segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Cena de "Sotus S The Series": quando Kong diz que ama Arthit, gritei tanto, mas tanto, que Bangkok inteira emocionou-se comigo. "Tamu" junto kkk

[Hiran Pinel, fã, fã, fã]...  " junto kkk
Meu objetivo é comentar, e muito por cima, o Nono (9o) episódio de hoje de Sotus The Serie, que sai uma vez por semana na Tailandia, e uns dias depois (3 +ou-) é legendado em português... Tem muitos detalhes que vou descobrindo lentamente, é uma obra de arte... As cores das camisas, as fotografias, música, jogos, castelos de areia, declarações, expressões corporais, a bondade dos funcionários mais velhos (não me enganam kkk), os sons onomatopaicos usado por Krist que são maravilhosos, o estereótipo do gay na fábrica que vive dando gritinhos e cometendo erros severos etc. Tudo mereceria minha minuciosidade metódica. Sem tempo...
Vamos lá?
Numa reunião de empregados da poderosa Ocean Eletric (Tailândia) acontece de tudo no assim chamado "bom empreendedorismo", e todo evento regado a um roteiro romântico - que torna o movimento capitalista simpático, sem sua característica de exploração do empregado (kkk). Contei, só eu contei kkk QUATRO casais supimpas... O "casal-mor" Kongpob e Arthit - os protagonistas estrelares [1]; o tiozinho e o outro lá que já está aceitando ir pra produção [2]; o veterano e o calouro que era um chatonildo e hoje é um docinho - isso fora na praia, na universidade [3]; a garota (linda) com o "efebo" estagiário que ganhou o prêmio por ter criado um novo produto para a fábrica [4]. Contei certo?
O "casal-mor" é o leitmotiv da obra, aí penso que já sairei vencedor, já eu, euzinho, estou torcendo pelo tiozinho e o menino fã de futebol da Chelsea (Inglaterra) - ambos fãs de futebol e jogam um "bolaço", e a cena dos dois no castelo de areia, ambos produzindo um muro de proteção (uau... boa metáfora)....
Já as melhores frases estão no grupo na praia, e as expressões corporais, ganham o personagem Arthit, do ator Krist (1o Lugar), depois de Kongpob, do ator Singto (ele falando devagar como se fosse ator de peça escolar kkk - 2o Lugar) e hoje a empregada que era espiã para que a tal panela ganhasse o primeiro lugar (3o Lugar), e que pelo visto é um empreendimento que nasceu para o fracasso, e quem a salvará? Quem? Ora, nosso ídolo Singto ou seu personagem Kongpob. De origem riquíssima,fina e nobre, Kongpob será capaz de tudo com aquele coração bondoso e aberto ao amor - nesse caso, até eu, até eu... kkk Com Arthit do lado... Todos nós! Todas nós! Como eu disse, se os fãs são por um lado coiotes, por outro somos Alice... kkk

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Esse texto são minhas inferências acerca dos atores de "Sotus The Series", Krist (que vive Arthit) e Singto (que vive Kongpob), tal qual eu os percebo em alguns vídeos de fanmeeting que assisti ontem e me basearei neles - nada sólido, tudo no reino da suposição e do achismo, até porque esse evento é teatro também. Singto acalma Krist, pega-lhe o microfone quando ele tenta responder a um fã que grita algo até elogioso, do tipo "eu te amo", confundindo personagem dele (Arthit) com o ator, mas que ele desejou responder. Ele responde até com bom humor dizendo ao fã algo como "Arthit e Krist são diferentes", mas ora, isso choca ao fã, o fã como digo sempre, é uma metafórica Alice e que para o ator tê-lo ao seu lado, mantendo-o e o sustentando, é preciso recompensar e manter essa ilusão, a realidade tomará conta do "otaku fdp alienado" kkk... Outra coisa, Krist chora demais, e ele é chamado de Mama Kris (parafraseando a cantora cultuada Mama Cass). Ele é Mama Kris para alguns fãs e isso o irrita. Bem, se os colegas riem dele e ele não acha que está fazendo piada, ele pergunta o motivo do riso e faz cara de zangado. O mais evidente: ele tem crises imensas de ciúmes de Singto, dando impressão de amar o Kong (personagem) e a também a pessoa do ator e companheiro (e talvez, amigo), mas pode ser também um leve egoísmo (comum a nós humanos), e então pode ser mesmo ciúme, é confusão com o seu papel de Arthit na relação com Kong - ele parece pirar o cabeçote, isso me parece tão evidente, mas é preciso racionalizar como estou fazendo, sem desrespeitar a ele e aos fãs que o adoram, como eu. Voltamos ao tema... Krist é um ator visceral, mas deve uma bomba atômica no espaço de trabalho, um poço do inferno conviver com o moço (kkk) - e anotem aí, será uma estrela, ESTRELA e isso é indispensável à indústria do entretenimento, e ele dá shows de desempenho, mas como estrela, ou seja, pode ser que os papeis devam ser escritos "para ele", não é qualquer papel... O cinema e a TV precisam de atores viscerais, as estrelas são pelas orgânicas na indústria... Agora, o Singto é o que conhecemos como Grande Ator, faz essa linha de profissionalidade, e com isso acaba brilhando como estrela. Singto ele é o personagem Kong na hora do ensaio e na gravação, fora dali, ele é ele ou o que ele pensa "ser sendo ele junto ao outro no mundo"... No Brasil, pegando atrizes que eu amo, Krist é Vera Fischer no começo da carreira, e Singto já é a hoje deusa e diva Fernanda Montenegro... Estou exagerando é claro, mas tentando elaborar a perda dessa série - são muitas lágrimas... kkk é uma linda série e com a racionalidade eu tento perder, enlutar-me e entrar na superação através de outra série, de outros ídolos e talentos. A gente morre, mas o show continua... kkk 
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé
Se Krist chora pelo comecinho do final das duas temporadas de "Sotus The Series", a separação das fãs - mas eles já terminaram as gravações. Krist tem ao lado dele seu parceiro, o ator Singto - os dois no auge da juventude e do sucesso total, dizem que são estrelas máximas da nação... Agora, parem pra pensar: imaginem eu, um fã: Como me sinto? Sou sendo órfão de Sotus? Sim, órfão, e com uma psicodinâmica que parte da fantasia para a realidade - um ponte certa, possível, sem exageros. Mas não ligue Krist (eu dando conselhos kkk): superamos isso fácil, com outra série, outros ídolos... É a vida meu caro, de lembranças e de esquecimentos, de vida e de morte... Se há um, há outro... Vocês tem um longo caminho para morrer - espera-se, já eu estou com os pés à beira do abismo kkk Tenho que aproveitar o existir - e vocês me ajudaram, assim como outros meus ídolos brasileiros (ou não brasileiros) o fizeram e o fazem kkk. Agradeço o trabalho artístico tão laborioso, generoso (inclusive os fanservices e os fanmeeting), mas faltam ainda uns 6 episódios kkk... até lá... kkk Bem, depois eu choro! kkk As fãs e os fãs chorarão - e eu vou capitanear esse "cinema de lágrimas"... kkk
NOTA: Como Krist chora muito, alguns fãs de lá o chamam de Mama Kris... kkk Fãs são coiotes, eu já lhes disse, é a racinha pior desse mundo, ama e odeia com igual facilidade, perversão é refinada.

SOB O SOL VERMELHO DE BANGUECOQUE, O CIÚME...
Um rosto tomado pelo ciúme de Kong - Arthit (ator Krist) brilha na cena. "Tudo esbarra embriagado de seu lume" (VELOSO) - o ciúme de Arthit em imaginar uma garota amando Kong (ator Singto). Uma timidez de Arthit que nos leva quase às lágrimas, tamanha pureza e ingenuidade. Arthit ama as palavras e ações delicadas e o sexo é pra ele algo que se consegue com muita luta - até o mínimo beijo é assim, imagine uma prática sexual explícita? Imagine? Outra forma de expressão é o ciúme que como uma "flecha", ele se viu ferido justo na garganta" (VELOSO0). Encontrou Arthit o amor correto: Kong sabe esperar, e fala de um beijo advindo, por ex., de um tomar refrigerante na garrafa do outro - que por tabela é um beijo, ele alerta ao outro... Isso de esperar com delicadeza Kong sabe, e o faz com refinada sensibilidade indissociada ao seu modo masculino de "ser sacana" (sempre um sorriso de espera, pronto para dar o bote - há uma impulsividade no personagem e uma feminilidade em Arthit - dicotomia tailandesa, aviso logo kkk). Nesse ponto, o ator Singto está brilhante, é o que dizem algumas críticas tailandesas (em inglês) que eu li acerca do seu Kongpob... São dois gatos em teto de zinco quente, e ambos pulam no telhado do desejo. Afinal, "paira, monstruosa, a sombra do ciúme" (VELOSO). Os fãs surtam - está correta a tradutora das legenda... NOTA 1: Episódio 8, de "Sotus S The Series"; NOTA 2: Referência: VELOSO, Caetano. O ciúme. Música popular; facilmente encontrada na internet.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em pé
NO CARNAVAL...
Uns na praia, outros nos blocos, outros na roça, e outros no Rio ou Salvador, outros ainda, e a maioria, nos bares e orgias orgásmicas, e eu aqui em casa porque sou um "deuso" e "divo", e não posso ficar expondo meu refinamento nesse cotidiano ordinário... kkk

sábado, 10 de fevereiro de 2018





SEGUNDA IMAGEM: FAZENDO COSPLAY DOS CANTORES E ATORES TAILANDESES... FAZENDO CORAÇÃO COM AS DUAS MÃOS E O ROSTO...; PRIMEIRA IMAGEM: NUMA LIVRARIA...  FOTO DE: 10/02/2018






A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, óculos e área internaA imagem pode conter: Hiran Pinel, sorrindo, sentado, óculos e área interna