sexta-feira, 30 de junho de 2017

Gente, eu fazendo pose daqueles personagens das séries ya-oí da Tailândia... Claro que é um cosplay, homenagem - pois sei dos meus limites (idade, por exemplo). É uma homenagem consciente que eu fiz, até a roupa (camisa), pulseira e anel... Cordão no pescoço e cabelos desgrenhados... se a foto fosse capturada de trás, meu começo de careca iria aparecer kkk Vou usar uma peruca quando for fazer cosplay... Esse cosplay que fiz é de Yo personagem de 2monns The Series... E como eles falam... kkk adoro... um pergunta lentamente, e depois de minutos, o outro responde... Minutos... Eu acho que eles têm ponto no ouvido, muito comum em algumas telenovelas mexicanas, me disseram... kkk adoro isso... sou encantado com isso... show... fã...



NOTA: Isso tudo, toda essa representação aconteceu no I EDUSOVITORIA, um encontro de Pedagogia Social e de Educação (também social) que ocorreu no Auditório do Centro de Educação da UFES...
Outra foto do I EDUSOVITORIA um encontro de Pedagogia Social e de Educação (também) social que ocorreu no Auditório do Centro de Educação da UFES... Só participei dessa mesa e em nenhuma outra... e foi um sucesso (eu nos achando)...

Todos queriam me tocar, pedir autógrafo, fazer selfie kkk Tudo como seu eu fosse ator de alguma série tailandesa... Todos gritavam... Mentira... tô brincando...

adorei falar ao lado do meu colega, o estimado e respeitado professor doutor Erineu Foerste , esse sim "bam-bam-bam" da Educação do Campo. Falei do cinema e sua leitura em junto a grupos marginalizados das metrópoles, como mães de crianças especiais, Biblioterapia junto a crianças em internadas em hospitais, movimentos para melhoria das classes hospitalares e brinquedotecas no movimento de humanização dos atendimentos clínicos e de internação, de gays e a prevenção contra as DST/ AIDS, os sem-teto, mendigos, usuários de drogas, rapazes que se prostituem etc. Achei bacana...

Parabéns prof dra. Jacyara Manhoga Silva Paiva, coordenadora...

FOTO: Meu colega prof dr Erineu e eu em momento de descontração... Eu estava animado no dia... uau... O evento foi no dia 29/06/2017 - o dia todo.




Eu te falo que sonho pouco, sonho frágil...
Sou muito tímido pra te conquistar
Ali tão perto está seu coração e o meu
Do lado esquerdo do seu peito deve ter alguém especial
E mesmo que você esteja sozinho
Eu sinto que estou fora, não tens tempo e lugar pra mim
Eu nem luto, porque não é pra mim... quem sou eu?
Não sou nem a última gente que você pensa
Eu não posso estar em você, no seu coração
E você se alivia e se diz: "- Ainda bem que ele não chegou aqui"
Não sou nem a última pessoa que você olha
O seu doce olhar não me enxerga e sente
Mas isso é mais do que felicidade, é o máximo que consegui.
As estrelas do céu que te cercam, me impedem acoplar
Eu até sorrio, pois não consigo aproximar-me até a elas
Ahhh... E minha covardia em andar até ao brilho estrelar?
É claro que tem gente ali, e as stars me diriam: "- Saia daqui!"
E mesmo que estejas sozinho, estás em solitude e não me deseja
Você não é pra mim, eu sonho com você e sei que és concreto
Não sou nem a última gente que você sente, não sou
Eu queria ser o fenômeno de suas noites molhadas de pérolas
Pois ficar debaixo das suas estrelas, já é bacana, é felicidade pra mim...
Afinal, como te disse no começo, sonho pouco, sonho frágil...


[Hiran Pinel, autor; ficção]

segunda-feira, 26 de junho de 2017

O amor é tão cego, mas tão cego, que mesmo eu insistindo, ele não consegue me enxergar.

HP; ficção.

domingo, 25 de junho de 2017

- Escolha seu presente!

- Um unicórnio...

- Seja realista!

- Ok! Então, eu quero um namorado que me respeite e me ame!

- Que cor quer o seu unicórnio?

- Azul brilhante com tons lilases, que tenha bordas douradas...

KKK

HP; ficção.

quinta-feira, 22 de junho de 2017



Jamais eu direi
Que me arrependi pelo amor [, pelo amor] que eu deixar.

(...)

Você não sabe, [mas] eu vou contar todo o segredo,
Esses caminhos eu conheço,
Andar sozinho, eu não mereço.

(...)

E você há de entender:
A gente tem que ter alguém pra viver!

(...)

E jamais eu direi que um dia
Você conseguiu me magoar.

[Antonio Marcos]

NOTAS: [...] interferências dos meus alunos, e que eu gostei... Mas não pertencem ao original. Eles não entendiam a letra, e eu pedi que fizessem interferência. Mas isso só aqui, na arte fica como está, e nem estou dizendo que as interferências deles são ótimas, ao contrário, são dificuldades de compreensão, e arte cada um sente e interpreta/ analisa como deseja...

NOTA: Antonio Marcos era talentoso compositor, cantor maravilhoso e sabia como ninguém ser lindo de morrer... kkk Era um deus de um espaço, e de um tempo - dois termos caros à Psicologia Fenomenológico-Existencial... Ele cantando essa música ao receber o Troféu Roquete Pinto - uau... Teve uma vida privada provocativa e não sei porque ainda não fizeram um filme ou uma série com ele... Ele era meu ídolo, escrevo e sinto o que sentia de respeito e admiração por esse ídolo, mesmo sendo mais idoso kkk a cabeça não morre, mas o corpo sim kkk

Visitantes sempre dão prazer, senão quando chegam, pelo menos quando vão embora.



 O Garoto (ou Vizinho) da Porta Ao Lado

 The Boy Next Door, 2017.

Some Guy (The Boy Next Door) 썸남

* * * 

MINHA APAIXONADA APRECIAÇÃO

Que série maravilhosa, roteiro exemplar, diálogos e frases... uau... ótimos para serem repetidos como em um cosplay, e eu amo fazer isso. Música incidental e principal. Entrada da série - sempre linda e motivadora. E os intérpretes? Santo Deus, Buda.. Adoro diversas cenas, diversas e já sou capaz de parodiar fazendo cópias em que eu me emociono totalmente - sim, destaco que é uma comédia (predominante) associada com drama, e até melodrama... Destaco aqui, de lembrança, as cenas: quando um destaca a voz do outro, ele chega a tirar do ouvido quando a escuta de tão "viril" (ele diz) que é a voz, sensual kkk Outra, quando os dois cantam, cada um no seu apartamento vizinhos. Nossa tem tantas cenas...


MINHA SINOPSE: Dois vizinhos em um prédio de 3 andares, pequeno e meio que para estudantes. São micro apartamentos que no Brasil chamamos de mini quitinete. Tudo de escuta de um apartamento para o outro. No início eles se odeiam, e depois um terá que morar com o outro, pois o proprietário (engraçadíssimo) promoverá reforma. O amor de um pelo outro vai se instalando e se solidificando. É uma série ya-oí, linda demais, e mesmo as personalidade rígidas psicopatológicas (Vide Adorno) podem assistir sem perigo de sair matando e torturando o outro diferente de nós. Eu, por exemplo, adorei... Os dois ficam o tempo todo nos apartamentos, pois são estudantes universitários e trabalham com e na internet, um é designer de videogames e o outro desenha mangás que usa recursos da WEB. São dois nerds, vamos dizer - jovens estudiosos, envolvidos nessa trama de amor e amizade, bromance bem ao estilo ya-oí sul-coreano. A cena que fica claro o amor dos dois (em cada episódio isso fica evidenciado) é a da canção, quando os dois cantam (são eles mesmos e cantam bem demais... atores perfeitos), pois no caso, a letra da música substitui o diálogo (episódio 14). "Pres'tenção" gente: é comum isso, quando os atores param um filme e começam a cantar, a letra é vital que seja entendida, pois ela é o diálogo, o que está se dizendo, e há raras exceções a isso, e você saberá distinguir. Fico desesperado com a vida, a dona Vida, pois essa série de 2017, e só em 2017 tenho acesso a ela kkk... E depois dizem que o mundo é globalizado kkk e é mesmo... Os tempos atuais trouxeram a exposição das guerras e das fomes, das imagens do imediato vivido (violências, sexualidade gratuita, babaquice do cotidiano etc.), mas trouxe séries como essa, lindas demais, que nos faz esquecer de um cotidiano da mesmice e da falta de criatividade. Amo as artes, pois nos faz suportar a realidade, sem deixar de ter nos pés fincados nela.

 

MAIS DADOS VITAIS:
Diretor: Jung Jung-Hwa

Escritor/ roteiristas: Yoo Hyun-Sook (webcomic), Kim Eun-Jung.

Total de episódios: 15

Duração média de cada episódio: 6 a 8 minutos só... é uma obra de arte, gente...

Ano: lançado em abril de 2017

Emissora de TV que transmitiu: Naver TV Cast 
  
Atores (estrelas):

Ator: Choi Woo Shik 
como
Park Gyu Tae

Ator: Jang Ki Yong
como
Seong Ji Jae

NOTA QUE DOU (E OLHA QUE SOU ESTUDIOSO, TÁ?): 10,0 (dez com louvor)... kkk

IMAGENS QUE CAPTUREI DA SÉRIE MESMA:




sábado, 17 de junho de 2017

DIA DO PEPERO, 11 DE NOVEMBRO...
Nos seriados asiáticos ya-oí ou não, tem sempre umas cenas donde um casal de apaixonados ou com vontade de, coloca na boca algo chamado pepero. Pepero (빼빼로) é um biscoito doce (tem diet) em forma de palito coberto de chocolate produzido pela Lotte na Coreia do Sul desde 1983, o similar é o biscoito japonês Pocky. A ponta do palito é colocado na boca, e do outro lado outra boca se ocupa. Ambos comem o mais rapidamente possível, até um chegar nos lábios do outro. O mito surgiu provavelmente em 1983, quando um casal propôs comer assim um pepero, e se comecem rápido iriam ficar magros e altos (kkk idealização)... Pepero Day é uma iniciativa de marketing para impulsionar a venda do produto. Neste dia as pessoas devem comprar o biscoito para presentear aqueles que lhe são queridos. Hoje é um evento popular, turístico e ao mesmo tempo é tema de críticas devido ao comércio claramente ligado, e por ser altamente calórico contradizendo com a proposta original (ser alto e magro)... Os hotéis lotam com turistas ávidos pela brincadeira, pois comendo mais rápido chega-se aos lábios da parceira/o, esquecendo-se que a motivação mítica idealizada. Assim esse evento é concorrente com o Dia dos Namorados e Dia do Amor...

cena da série mini "The Boy Next Door" - 썸남, Episódio 07 (O Rapaz Ao Lado) série sul-coreana... 2017.
Clarice Lispector escreveu um pequeno e lindo texto chamado "Ele me Bebeu". São dois personagens, Aurélia e seu cabelereiro Serjoca, e depois entra mais um, o rico Affonso Carvalho. Em determinado momento, os dois primeiros estão no apartamento do terceiro, e Aurélia descreve o ambiente novo rico: "O apartamento era atapetado de branco e lá havia escultura de Bruno Giorgi". Pois então, hoje fui ao Shopping Vitória, e lá havia uma loja que vende obras caríssimas de arte, e eu entrei e dei de cara com uma estátua. Fiz um esforço e abaixei-me pra ver o autor, era de Bruno Giorgi (1905-1993). Não acreditei. Senti-me como a personagem Aurélia, que só através de um pequeno autoflagelo, um tapa na cara, consegue acordar: "Ela era Aurélia Nascimento. Acabara de nascer. Nas-ci-men-to.".

[Hiran Pinel, autor]

domingo, 11 de junho de 2017

SOTUS THE SERIES, enquanto isso nos bastidores, nos fameeting etc.

Singto (na série é Kongpob) chega a tocar "delicadamente" (kkk) no rosto/ queixo de Krist (que na série é Arthit)...No vídeo os dois conversam, e Singto explica algo fazendo até gesto para ser didático (kkk), e vira-se de costas para Krist que resolve responder. Singto parece não gostar da resposta, retorna, fica de frente a Krist. Singto parece escutar Krist, que como sempre, adora falar (kkk). Singto levanta a mão e pressiona o queixo do fala(dor), como se dissesse cale a boca seu bocudo lindo (kkk). Dois lindos se digladiando. Gente, ficar juntos o tempo todo cansa, tá boa santa? Cansa demais...


Singto [ou: Ruangroj Prachaya] de camisa branca de manga comprida...

Krist [ou: Sangpotirat Perawat] de blusa cinza...


[Hpinel; segundo leituras que passo do thai para o português - via google tradutor, logo sujeitas a diversas distorções...].