domingo, 24 de setembro de 2017

MINHA MÃE NUNCA ME DISSE ISSO ...
Bangkok... 6 amigos, ainda na juventude, despedem de um deles que vai fazer universidade na China. Uma noite de bebedeira, enquanto a mãe dorme. O anfitrião, que vai pra Pequim, resolve fazer um jogo de cartas de baralho: joga as cartas na mesa e cada um cata a primeira que conseguir, e quem ficar com o rei, manda no grupo. O última é o anfitrião que no outro dia, ainda cansado, diz que eles deverão até o outro dia representarem fielmente que são casais de namorados, fazendo na frente de muitos e entre eles mesmos. Eles reclamam, pois gostam de meninas. A série narra descrevendo esse dia com muitos dramas e descobertas, e o mais vital, o anfitrião vai sofrer e muito. A mãe do protagonista numa cena, diz mais ou menos ao filho: "Vc vai pra China e ficará anos longe de seus amigos. Diga o que sente por cada um deles, não esconda nada, não deixe nada ao ar, pois a melhor coisa da vida é a verdade e não o mistério, pois o mistérios nos dá tensão, ansiedade e quando vc ficar idoso ficarás muito melancólico e saudoso daquilo que não foi vivido realmente, concretamente"... kkk Eu refleti nessa hora: Puxa que puxa, minha mãe nunca me disse isso! ... kkk

NOTA:
Título em inglês: I Am Your King The Series
Título Original: ผมขอสั่งให้คุณ
País de Origem: Tailândia
Gênero: Drama
Nº de Episódios: 12

O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO (PPGE) DA UFES OBTEVE NOTA CINCO (05) PELA CAPES... SOMOS DA RESISTÊNCIA...
"Teacher and Student" (2014; título original: "- ครูและนักเรียน -"; com Tananara Kisthachapon) é um estranho filme tailandês que parece narrar a vida de um jovem professor de inglês numa zona rural da Tailândia que se apaixona pelo conhecimento que porta um outro aluno - o saber que desconhece e que deseja ardentemente ser proprietário. Mas ele aprenderá, que para saber, é preciso seduzir e conquistar o conhecimento de sentido que o outro tem, com calma, paciência, persistência, perseverança, ética, com a paixão, com competência e ardor - e acima de tudo humildade não submissa, pois gradativamente vai descobrindo que nessa esfera pouco ou nada sabe. Um filme como disse estranho e que até me assustou a primeira vista, mas que depois pude inferir tanta Pedagogia, tanta Educação e tanta Psicologia... Nessa primeira cena o referido aluno vai para as aulas de Educação Física, e o mestre na sua mais profunda procura pelo conhecimento de si (no outro), cheira a roupa do discente, para sentir o que lhe falta e o que lhe escapa pelas frágeis mãos de quem "se achava o dono do pedaço" (dono do saber)... Não meu caro "profé", não será assim que aprenderás, mas podemos supor que é um caminho, o seu caminho - o mais difícil e árduo caminho já escolhido por um ensinante...
O que há entre nós dois?
Será amor ou será minha solidão?
Minha invenção de amor que não há?
Fragilidade idosa de alguém louco pela juventude impedida?
Fico querendo saber, pois diante da morte só tenho a vida pedir
Será que é a fraqueza do meu coração?
Devo estar interpretando errado os sinais vindos de você.
Eu só quero pensar, sentir e agir a favor de mim mesmo
Estou sem tempo, sem espaço e sem cuidado
Minha obra a deixar é a partir de seu cuidado por mim
Será amor ou será minha solidão?
A quarta ponte do rio Mekong está sempre ali,
é só ir até lá, pular dela e chegar a algum coração da selva.


[Hp; ficção]

 


"Sem Arrependimentos"/ "No Regret"/ "- 후회하지 않아 -" (filme da Coreia do Sul, 2006, direção de Leesong Hee-il). Finalmente, depois da loucura e dos profundos desvarios advindos do ódio e do rancor, o reencontro e o começo de tudo, pela via do amor. Então, o protagonista reconhece quem de fato o ama, e diz emocionado ao seu velho conhecido e amante: "Encantado em te conhecer, Jae-Min". Fiat lux! O fã sai aliviado do filme, mesmo que a realidade vivida nem sempre seja essa kkk

dia das arvori...
A imagem pode conter: 3 pessoas, meme e texto
HIRAN PINEL, 2017, agosto.
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, close-up
Agora fico a olhar o apartamento de frente ao meu. Fico de soslaio. A moça parece escutar uma canção, pois dança sozinha com um copo de bebida nas mãos, deve ser whisky, cuja palavra ao ser pronunciada, os lábios parecem ao final abrir-se em um leve sorriso, um botão em flor. Ela fica dançando e está quase pelada - linda como poucas. De repente ela para, e será ela que ficará reflexiva na janela - isso por um tempão. Vira de costas e encostada na parede vai sentando no chão. Fico olhando horas e horas, a mesma cena - janela aberta, luz acesa - e ninguém para de fato eu enxergar. Será que ela está ainda sentada? Será que pensa em que? Uma pessoa a abandonou ou ela sempre foi sozinha? Eu penso que é uma menina só, e eu também sou só, e minha solidão é maior, pois fico olhando, olhando fixamente - como se desejasse reter nas pupilas o que um dia esquecerei. Menina e menino tão sós, nunca fomos abandonados e nem rejeitados, somos sós, uma alegria de ser na solitude nessa noite tão molhada.

[Hp; ficção]

Visitantes de domingo sempre nos dão prazer, senão quando chegam, ao menos quando vão embora (kkk).

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Você é um homem casado não tem o direito de fazer carnaval (kkk)

Trecho da canção popular "Telecoteco" de Marino Pinto e Murilo Caldas, gravada por Isaurinha Garcia... Letra que hoje pode nos soar engraçada e melodramática.
assistindo agora um desenho na Cartoon Network - CN "Poderosas Magiespadas"... bem, e lá pelas tantas, o herói diz a uma planta carnívora doidona:

"- Eu vou mandar você procurar um psicólogo botânico" kkkk

Só rindo... Será dublagem ou no original é assim? Adorei... Assim se faz propaganda de um ofício, sabiam?

{Hpinel}

sexta-feira, 15 de setembro de 2017


Kongpob ama e não é correspondido por Arthit.
Ele grita o nome do outro e nem mesmo é escutado.
Ele confessa ao amigo: - O amor roubou a minha paz,
Eu vivo num pedacinho de Saigon de 59-75.

Kong está ansioso e clama piedade.
Não lamente Kong, logo virá um casamento de P'Thon
Arthit estará com fome e irá te convidar pra jantar
E na Ponte Rama 8 tudo irá acontecer - os dois de terno e gravata...

Mas recorde sempre: Thit é veterano. E Ong? Ong é calouro
Ele é um homem, você é um cara
Você sabe que ele gosta de leite rosa
E ele sabe que vocês se amam.

Ambos ficam dos seus apartamentos procurando o outro
Memórias de passado recente como se idosos fossem
Noites sonâmbulas, madrugadas molhadas
Cada lágrima é um desejo de ser feliz.

[Hiran Pinel, autor; ficção]

NOTA: Arthit e Kong são personagens (protagonistas) de Sotus The Series, uma série tailandesa.
 - VOCÊ SABE QUE EU SOU UM VETERANO E VOCÊ UM CALOURO?

- SIM.

-VOCÊ SABE QUE EU SOU UM HOMEM, E VOCÊ É UM HOMEM?

- SIM, EU SEI.

- VOCÊ SABE ATÉ QUE EU GOSTO DE LEITE ROSA...

[Diálogo rico de significado dito por Arthit e minimamente respondido por Kong, na Ponte Rama VIII, in Sotus The Séries].


quinta-feira, 14 de setembro de 2017

KONG & ARTHIT: UM CASO DE AMOR
Kong ama e não é correspondido por Arthit.
Ele grita o nome do outro e nem mesmo é escutado.
Ele confessa ao amigo: - O amor roubou a minha paz,
Eu vivo num pedacinho de Saigon na época da guerra 59-75.


Kong está ansioso e clama piedade.
Não lamente Kong, logo virá um casamento de P'Thon
Arthit estará com fome e irá te convidar pra jantar
E na Ponte Rama 8 tudo irá acontecer - os dois de terno e gravata...

Mas recorde sempre: Thit é veterano e Ong? Ong é calouro
Ele é um homem, você é um cara
Você sabe que ele gosta de leite rosa
E ele sabe que vocês se amam.

[Hiran Pinel, autor; ficção]

NOTA: Arthit e Kong são personagens (protagonistas) de Sotus The Series, uma série tailandesa.


quarta-feira, 13 de setembro de 2017

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas
Adicionar legenda


MINHA MÃE NUNCA ME DISSE ISSO ...
Bangkok... 6 amigos, ainda na juventude, despedem de um deles que vai fazer universidade na China. Uma noite de bebedeira, enquanto a mãe dorme. O anfitrião, que vai pra Pequim, resolve fazer um jogo de cartas de baralho: joga as cartas na mesa e cada um cata a primeira que conseguir, e quem ficar com o rei, manda no grupo. O última é o anfitrião que no outro dia, ainda cansado, diz que eles deverão até o outro dia representarem fielmente que são casais de namorados, fazendo na frente de muitos e entre eles mesmos. Eles reclamam, pois gostam de meninas. A série narra descrevendo esse dia com muitos dramas e descobertas, e o mais vital, o anfitrião vai sofrer e muito. A mãe do protagonista numa cena, diz mais ou menos ao filho: "Vc vai pra China e ficará anos longe de seus amigos. Diga o que sente por cada um deles, não esconda nada, não deixe nada ao ar, pois a melhor coisa da vida é a verdade e não o mistério, pois o mistérios nos dá tensão, ansiedade e quando vc ficar idoso ficarás muito melancólico e saudoso daquilo que não foi vivido realmente, concretamente"... kkk Eu refleti nessa hora: Puxa que puxa, minha mãe nunca me disse isso! ... kkk

NOTA:
Título em inglês: I Am Your King The Series
Título Original: ผมขอสั่งให้คุณ
País de Origem: Tailândia
Gênero: Drama
Nº de Episódios: 12

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Cada amor que tenho é sempre a primeira vez... pernas trêmulas, coração à boca, respiração ofegante... kkk 

* * *

Só aviso uma coisa: quando eu cheguei aqui, tudo era mato... Então não me tire por menos, tá família juvenal-juvêncio? kkk




* * * 

 

sábado, 2 de setembro de 2017

Singto e Krist vestidos, cada um, de terno rosa
Ambos fazem charmes de modelos exemplares
O que é e como é esses desejos perpassando aos fãs?
O que faremos de nossa vida? E depois, depois e depois?
Singto e Krist não têm consciência do impacto deles em nós
Eles estarão sós ao final - Singto já lamenta, na rede, suas frustrações
Kristt apoia Singto nessa procura humana de um sentido pra vida
Os fãs ficam atentos aos próximos ídolos, e logo-logo os esquecerá
e a vida vai nos interrogando a todos, inclusive aos nossos Arthit e Kong:
- Qual o sentido de sua vida? E então tentamos responder... Tentamos.
Já eles nem isso: sofrerão da mesma ilusão que agora nos contamina.



[NOTA: Singto e Krist são dois atores tailandeses de "Sotus The Series" e agora, na segunda temporada, "Sotus S The Series", nos seus personagens Kong e Arthit; são jovens e talentosos; texto de minha autoria; ficção]
Eu fico abaixo das estrelas, e daqui eu te percebo e sinto. Nunca poderia chegar até a você, mas te olho com seu doce sorriso, pele alva e translúcida, corpo de cuidado frágil, e que um dia senti seu prazer concreto comigo. Mas hoje, a única certeza que tenho, é que é daqui o meu lugar, e tudo nesse tempo. Te olho e te sinto, e terei uma noite só de esplendor, algo inventado na minha alegre solitude.

[HP; autor]
MÃE, MÃE...
Chorei (e choro) com essa série do primeiro ao 14o episódio, o último episódio, de número 15, o governo da China Popular censurou... Vou falar aqui apenas do 5o episódio. A série se chama Addicted (Heroin) | 上瘾 (China Popular). Vou destacar dois diálogos comoventes:

1) no churrasco de rua regado à cerveja, Gu Hai confessa que deseja apenas cuidar do outro e o outro lhe diz pra não usar da sua tolerância (ele parece gostar dos jogos do outro) para produzir falta de vergonha, insinuado alguma sexualidade, pois a sensualidade está clara (kkk) - uma fala ágil e cheia de segundas intenções; 

2) quando bêbado, nas costas de Gu Hai, ele balbucia com uma imensa dor "mãe", "mãe", e o faz pela segunda vez, e me parece que mãe é uma figura que deve ser muito cultuada pelo regime, tal qual aqui, mas lá com bastante força, com um dos sustentáculos na história do país, assim como na Rússia do filme Encouraçado Potenkim... 

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up
A imagem pode conter: 1 pessoa, texto e close-up
Adicionar legenda
É uma produção visivelmente barata (numa dimensão econômica), mas de uma qualidade imensa, arte. E cada episódio é uma obra de arte, refinada e sensível, sem jamais perder a sexualidade que gradualmente parece indispensável, ligada à história mesma - não sendo assim apelativa e nem pornô.

Pena da censura chinesa (da parte Popular), qualquer censura é uma pena, ainda mais em uma obra de arte... É o tal negócio, o Estado sabe que uma boa obra de arte provoca as pessoas, provoca multidões, toca em tema delicado, tema esse que pode ameaçar a manutenção da nação, da sua pretensa moralidade.


A imagem pode conter: 1 pessoa, texto
Adicionar legenda
Quem nunca fez loucura na adolescência? - pergunta Gu Hai para Yin. Eu ainda tento fazer, eu tento Gu Hai... Sempre fui um esforçado na esfera amorosa, sempre... é um esforço hercúleo, sem muito sucesso, mas nunca perdi ou perco a esperança e então eu tento, eu tento... Um dia "eu vou conseguir", cantava Wanderléa roqueira... kkk
[Hp; ficção]

Cena da série "上瘾 Addicted Heroin" (China Popular). Heroin (de heroína, droga, algo que vicia). Heroin é a junção dos nomes dos dois personagens que se envolvem em um "amor viciante", algo que os toma, de tal modo, que acabam se fragilizando e ao mesmo tempo os potencializando...


A imagem pode conter: 1 pessoa, texto
Adicionar legenda




Falo nada, só "óleo" e deslizo o olhar penetrando os desvios e neles me encontro e desencontro comigo e contigo - no mundo.
Esperando algum amigo me ligar dizendo: "Hiran, arruma suas malas, vc vai comigo pra Bangkok, te explico no caminho".
Hoje, 22 de agosto, é o dia do professor de Educação Especial. Estamos de parabéns... !
Ele contou nossa história - a do nosso amor. Ele chorou enquanto falava... Mas eu já estava morto, e nunca pude sentir isso...
"Meu sonho é tocar o firmamento para me converter numa estrela longínqua, porém fulgurante e bela, assim todos iriam recordar de mim, por aquilo que cheguei a ser" [María Montez, 1912-1951; atriz - minha tradução].
Descendo a rua, eu vi primeiro a bicicleta.
Você desce dela e entra na livraria
Procura algo pra você ler e se derreter
Você escreve seu nome nele e pensa em mim
Imagina eu sorrindo pra luz do céu - noite estrelada
Um tarde quente e você jogando futebol
Enquanto você corre no campo, eu esperava o doce diet
Ali pertinho, o mar revelando nas ondas seu amor
Ao chegar a aurora - amanhecer do seu dia de trampolim
Finalmente olha fixamente no sol nascente
Você finalmente me enxerga ao seu lado
Meus braços abertos e os dedos dispostos a te acariciar
Você deixa a bicicleta de lado e se entrega aos meus lábios.


[Hp; ficção]

A imagem pode conter: 3 pessoas, multidão



O ator tailandês Singto, protagonista de Sotus The Series, interpretando um roqueiro do seu país... No programa de TV "Lip Sync Battle" da Tailândia. Apoteótico, talentoso, raro. Grande ator!



Fãs? Quer raça mais ordinária? Verdadeiros coiotes. Hoje nos amam, e um segundo depois, diante de outro mais bonito, tudo muda...
MÚSICA NÃO CURA,  MAS ... kkk

- Você quer tomar um drink, moça?
- Por favor meu jovem, me poupe, pois eu tenho namorado!
- Acalme sua paranoica, eu sou garçom. Entendeu? Garçom, sua desequilibrada que acha que todo cara está te cantando. Acorda!
kkk
HOJE É DIA DE ROCK, OPS... DO PSICÓLOGO...
Simbolicamente pode ser um dia pra gente pensar nossa formação inicial e a continuada, nossa formação técnica, clínica, comunitária, política e científica. Que tipo de profissionais procuramos para nos ajudar na nossa demanda de cuidar da gente mesma? Que tipo de supervisão procuramos e concretamente participamos? Que tipo de supervisores somos? Que livros estamos lendo e estudando? Lemos literatura ficcional? Quais? (kkk) Misturamos alhos com bugalhos? (kkk) Nossa faculdade estava de fato bem planejada, com todos as ferramentas indispensáveis disponíveis aos estudantes, os futuros profissionais psicólogos? Os nossos professores eram pesquisadores e profissionais respeitados?
São só questões que eu levanto como levantaria pra outros ofícios, mas que aqui-agora cai bem para os psicólogos. Não tenho resposta e nem sou dono de alguma verdade, só produzi questões que faço a mim mesmo.
Eu abro os olhos lentamente
Vejo seu rosto da multidão
Como vou resistir a você?
E se nossa vida, de surpresa, mudar?
Cairei como em uma queda livre
Minhas mãos serão abandonadas por você?
Segure-me firme como sempre fez
Cuide de mim, como sempre falou
E aquelas histórias antigas? Conte-me mais!
Leve-me ao seu tempo, fique no meu espaço
Eu era pura hesitação, hoje caminhos frágil com você.
Nunca me diga que escondi algo de você...
Te autorizo reconhecer que sempre nos ferimos
E ainda assim, sinto sempre suas delícias, seus lábios
Não deixe de me doar sua ternura e fique aqui-agora
Aperte minhas mãos, não me deixe cair na minha queda.


{HP; autor}

Quero pedir desculpas... kkk
Eu olho para você, e vejo um filme de sexo amoroso. É como você estivesse se desnudando na minha frente, para minha delícia, meu delírio... uau... ser Vida.u
Ontem a noite deitei, e da minha cama fiquei olhando as estrelas no céu, comecei a contá-las, a sonhar que eu era uma.

De repente, do nada, dei um pulo da cama e assustado, com os olhos estatelados, interroguei-me:

- Onde foi parar o telhado da minha casa? Onde?

[Hp; adaptado e recriado de um texto da internet]
QUE ILHA VOCÊ LEVARIA PARA UMA PESSOA DESERTA?

* Frase poética de: José Juva, de Olinda Pernambuco, nascido em 1984.
.